Angola Namibia Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
Introdução
Geografia
Clima e Tempo
Hidrologia
Qualidade da Água
Ecologia e Biodiversidade
Sub-bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

A Bacia do Rio  

A bacia do rio Kunene localiza-se no sudoeste de África. O rio nasce cerca de 32 km a nordeste do Huambo na serra montanhosa do Encoco em Angola e flui em direcção ao sul a partir dos planaltos angolanos até a fronteira com a Namíbia e depois desvia-se em direcção a oeste, formando uma fronteira entre os dois países até alcançar o Oceano Atlântico. O curso inferior do rio atravessa um desfiladeiro profundo, que começa nas Quedas de Ruacaná.

A bacia do rio Kunene cobre uma área de 106 500 km², com 14 700 km² (13,3 %) na Namíbia e 95 300 km² em Angola. O rio Kunene tem 1 050 km de comprimento e é um dos poucos rios permanentes nesta região, com um caudal anual médio de 5,5 km³ na sua foz.

O tema da Bacia do Rio Kunene contém matéria resumida e descritiva sobre cada um dos seguintes tópicos:

Bacia do Rio Kunene.
Fonte: AHT GROUP AG 2010
( clique para ampliar )

A precipitação na bacia do rio Kunene é incerta e variável. Ela varia de 1 300 mm no curso superior a menos de 100 mm por ano no curso inferior. As taxas de evaporação bruta da água na superfície variam de 1 700 mm na sub-bacia superior a 2 300 mm no curso inferior junto do Oceano Atlântico. A variação sazonal de precipitação leva a secas (assim como nos fins de 2007 e princípios de 2008) bem como de cheias. Em inícios de 2008, vastas áreas do norte da Namíbia e Angola sofreram cheias devido a precipitações extremas.

A área relativamente pequena e a encosta íngreme do leito do rio nos cursos superior e inferior da bacia do rio Kunene, resultam em fluxos rápidos em direcção à costa, deixando o rio praticamente seco no fim da estação seca. Com o começo e implementação do Sistema Integrado do Rio Kunene, e suas respectivas barragens de armazenamento, o fluxo do rio deveria ter sido regulado. Contudo, por vários motivos, o programa nunca esteve completamente operacional e apenas hoje começou a desempenhar o seu papel. Para além de ser usado para a produção de energia hidroeléctrica, tanto para Angola como para a Namíbia, o Kunene fornece igualmente uma quantidade significativa de água às regiões do norte da Namíbia através do Canal Calueque-Oshakati. Estas regiões encontram-se fora da bacia e são habitat para cerca de 700 000 pessoas (quase um terço da população total da Namíbia). A demanda da água nestas áreas atinge o seu pico em Outubro, quando o caudal do rio Kunene está no seu ponto mais baixo.

Quedas de Epupa na fronteira entre Angola e Namíbia.
Fonte: Wagner 2006
( clique para ampliar )
O rio Kunene perto de Caconda no curso superior do rio Kunene.
Fonte: AHT GROUP AG 2009
( clique para ampliar )

 

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Kunene


Entrevista sobre a gestão integrada e transfronteiriça da bacia do rio Kunene


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular